Home RSS Feed Siga-me Siga-me Escreva-me
Bem vindos! Welcome! Bienvenido! Benvenuto! Bienvenue! Willkommen! 歓迎! الترحيب! 歡迎! ! !

Clique e ajude a salvar vidas!!! Incentive a participação diária desta campanha !

A Primeira rede social totalmente Feminina

Hippie,Um Estilo de Vida!!!

Ainda falando sobre o movimento hippie, eu me lembro de ter 10 anos e ter vindo morar com a minha tia na "cidade"(eu morava em Guaianazes,periferia de São Paulo), então quando saíamos do nosso cantinho e tomávamos ônibus para ir até o antigo parque D. Pedro, já dizíamos ser a "cidade".
Perto do apartamento onde morávamos tinha um casarão antigo, muito grande e ali tornou-se uma comunidade hippie.Eu via as moças com saias compridas ou calças largas,cabelos cacheados,bolsas à tira-colo, de sandálias, andando sem se preocuparem com nada ou ninguém, e sentia uma atração enorme por aquele estilo de vida. Depois fui para o colégio interno e as freiras nos diziam para nunca falarmos, chegarmos perto, ter qualquer tipo de relação com "esse tipo de gente", pois tinham má índole, etc e tal..., e mais toda sorte de outros adjetivos que pudessem encontrar. Ao mesmo tempo que eu tinha medo, aquilo me fascinava mais ainda.Eu tentava, sempre que possível, ficar perto de um hippie.Se estava andando na rua, e passava um hippie,
eu procurava andar perto.Me sentia a "tal".Depois que saí do colégio interno, fui morar com minha tia numa outra casa.Como já estava com 14 para 15 anos, minha tia dizia que precisava trabalhar. Me dava o dinheiro da condução e lá ia eu pra "cidade"( dessa vez morava na Moóca,uma bairro de São Paulo).Comprava jornal, lia alguma coisa e saia.Chegava ali pela praça da República e ia fazer as entrevistas.Como não tinha experiência em nada, (só sabia bordar, etc..), não era admitida.Aí, eu andando desconsolada, chegava na esquina da av Ipiranga com a São Luíz, ali ficava um hippie sentado fazendo seus trabalhos, pulseiras, colares, etc...Eu me sentava ali com ele e ficava o dia todoooo, "ajudando-o" em seu trabalho.Quando me dava conta do tempo, saia correndo pra ir pra casa.Minha tia perguntava se tinha conseguido o emprego e eu com a cara mais deslavada do mundo dizia que não.Mal sabia ela que só tinha ido à uma entrevista, ou a nenhuma.
Mas não me arrependo.Se Woodstock fosse hoje, com certeza estaria lá.
Muitos,talvez a maioria das pessoas podem me taxar de louca,de sem noção, mas a ideologia dos hippies se tivesse sido posta em ação, hoje só teríamos paz no mundo.Porque o que eles pediam era só "Paz e Amor".Eram a favor do amor sem fronteiras, sem imposições, sem cobranças. O lema era AMAR.
Seria louco quem quer viver em paz,amando a todos igualmente?


O texto e as gírias a seguir foram tiradas de:http://pt.wikipedia.org/wiki/Hippie

As gírias hippies surgiram no Brasil principalmente nos anos 70 e se tornaram tendência entre os jovens e atualmente são usadas com menos freqüencia, mas muitas nunca deixaram de ser usadas por jovens e "coroas" (que é uma gíria hippie).

* Arquibaldo - Torcedor de arquibancada
* Barra - Dificuldade
* Bicho - Amigo
* Parada - Negócio
* Bicho Grilo - Hippie
* Bichogrilês - Idioma dos Hippies
* Biônico - Político nomeado pelo governo
* Bode - Confusão
* Capanga - Bolsa
* Chacrinha - Conversa sem objetivos
* Coroa - pessoa não-jovem (mais de 30 anos)
* Dar o cano - quebrar compromissos
* Eutôquetôquenemtôdetantoquetô - Eu Estou bem
* Fazer a cabeça - mudar a cabeça de alguém
* Geraldino - Torcedor de geral
* Goiaba - Bobo
* Jóia - Tudo bem
* Podes crer - Acredite; concordo
* Repeteco - Repetição
* Cara - pessoa, usado para mulheres e homens
* Sacar - entender
* Pô - Exclamação de contrariedade
* Meu - pessoa, tchê, cara
* Não dá nada - não tem problema
* Corta essa! - desiste, muda (exclamação)
* Mudar a cabeça - mudar o modo de pensar
* Acertar as cabeças - combinar (pessoas)
* Falou e disse - disse tudo
* Falou - o mesmo que falou e disse
* Velha e velho - pai e mãe
* Véio - amigo
* Falou - Tchau, Até Mais


2 comentários:

KarolinaB disse...

acho q o movimento hippie deixou muitas coisas engraçadas. Na minha opiniao, as gírias evoluíram, mas a essência delas vem dos 70, sacou?

kattyy(Katia Regina) disse...

como saquei Karol....rsrsr
Mas veja bem,apesar da evolução,a maioria são daquela época mesmo....quer dizer,inventaram algumas coisinhas,mas na essencia,são as mesmas...
Bjus querida,senti sua falta aqui nos comentários...
Ajuda a divulgar meus blogs????
Bjus

Postar um comentário

Críticas são bem vindas,desde que construtivas,para evolução do blog,e minha própria.Seja criativo e tenha dicernimento.
Deixe seus comentários,suas críticas,elogíos,e assim que possível, responderei.Obrigada.

Loucos por Museus

Quer saber como está sua Energia Hoje?

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios